top of page

O que é Copywrite no Marketing Digital

Atualizado: 2 de nov. de 2023

Existem várias estratégias diferentes que são usadas dentro do Marketing Digital, e o Copywrite é uma delas.


Já se deparou com algum outdoor de uma marca que prendeu sua atenção? Ou aquele slogan que ‘gruda’ na sua cabeça? Se sim, é a prova de que você foi influenciado pelo copywrite.



Seja para a venda, reconhecimento de marca ou qualquer outro objetivo, essa técnica sempre esteve presente desde os primórdios da publicidade, e dentro do Marketing Digital não é diferente.


Curioso, não? Se você quer saber mais sobre o Copywrite e ver o quanto ele é crucial para a sua empresa, continue essa leitura!



desenho 3D de pessoa escrevendo em um documento digital em um computador
O que é Copywrite no Marketing Digital - FW2 Propaganda



Entendendo o que é Copywrite


Entende-se como “Copywrite” o ato de criar textos com o objetivo de converter, ou seja, levar o público-alvo a realizar uma ação específica.


É uma técnica de escrita persuasiva, que atrai a atenção, passa a mensagem e desperta sensações em quem a lê.



Dentro do universo do Marketing Digital, podemos encontrar exemplos em posts, slogans, sites, emails, eBooks e muito mais.


Praticamente, toda escrita que tem o intuito de levar os clientes a uma ação já se encaixa como Copywrite, de certa forma. É por isso que existe muita dúvida a respeito desse assunto.



Com o avanço massivo das redes sociais, muitas empresas começaram a se basear em textos padrões e jargões comuns para comunicar seu público, e acabaram confundindo isso com o Copywrite.


Você pode até considerar que está criando uma copy mesmo, mas isso não garante que ela será funcional.


Resumindo, é importante você entender o que realmente é o Copywrite e quais são seus benefícios, se você busca atingir resultados com isso.




A importância do Copywrite


Existem várias formas de se comunicar através da escrita. Formato do texto, objetivo, tipo de linguagem, todos esses fatores influenciam no momento de escrever.


Essa é a grande diferença do Copywrite, a intenção. Saber o que é escrito e a forma como as pessoas receberão a mensagem é o que diferencia um ótimo trabalho.


Dentro do Marketing Digital, podemos observar muitos benefícios que essa escrita persuasiva traz, como por exemplo:


  • Despertar curiosidade;

  • Engajar o público em algum conteúdo;

  • Divulgar novo produto/serviço;

  • Aumentar a autoridade da marca;

  • Convencer o cliente a comprar.


Benefícios esses que são extremamente cruciais para o sucesso de toda empresa, concorda?


Esse é o segredo, conhecer sua marca e o público para quem ela se comunica, e assim, elaborar um texto que prenda a atenção, sendo coerente com seu objetivo.




10 dicas para fazer Copywrite de qualidade


Mas agora, vamos ao que interessa: como criar copys de qualidade?


Bem, aqui vão 10 dicas que separamos para você, para te ajudar a entender melhor alguns pontos cruciais que devem existir em todo o processo de Copywrite.



1. Saiba quem é seu público-alvo


Nada de surpresas aqui, mas é um ponto muito importante.


Não tem como convencer uma pessoa de algo, se você nem ao menos sabe o que ela gosta ou precisa. Assim, sua escrita se torna muito mais pessoal e impactante.


Conhecer a persona é o ponto de partida para basicamente todas as ações dentro do Marketing Digital, assim como no Copywrite.



2. Escreva com clareza


Se todo o copywrite se baseia na escrita, é obrigatório que ela seja feita de forma correta.


Além disso, é importante que sua escrita seja de fácil entendimento e coerente com o que seu público-alvo mais gosta.


Chame a atenção do leitor e faça-o entender a mensagem de forma rápida, esse é o caminho mais seguro de se obter sucesso com o copywrite.



3. Seja verdadeiro


Vivemos em um mundo de propagandas de encher os olhos, que nos conquistam rapidamente. Mas, falando a verdade, quando se trata de uma propaganda enganosa, isso se torna ainda pior.


Por isso, em todas as ações da sua marca, seja uma divulgação de produto ou comunicado para os clientes, fale a verdade.


Mesmo se houver erros, fale a verdade e peça desculpas aos seus clientes, que certamente irão entender que tudo foi um acidente e passarão a confiar mais na sua empresa.



4. Atraia a atenção


Em tempos de Instagram e TikTok, a rapidez no consumo da informação tem sido um grande desafio para muitas marcas.


Por isso, quanto mais complexo e difícil de entender for sua copy, maiores serão as chances dela ser ignorada pelas pessoas, que atualmente prezam por informações de fácil entendimento.


É necessário falar o que é importante, de forma clara e objetiva, para conquistar a atenção das pessoas o quanto antes.



5. Gere uma conexão


Com as mudanças no comportamento do consumidor atualmente, as pessoas estão cada vez mais propensas a comprarem em marcas que elas confiam.


Ou seja, mais do que nunca, a conexão com as pessoas tem se tornado uma etapa importantíssima para o sucesso.


Mostre o lado humano da marca, escreva algo que possa influenciar o lado emocional das pessoas, ao invés do racional. Isso pode se tornar uma poderosa arma para atrair e conquistar novos clientes.



6. Aponte um problema


Para atrair a atenção, como dissemos acima, nada melhor que “cutucar a ferida” e apontar um problema que a pessoa pode ter.


Isso gera uma necessidade muito maior nas pessoas para comprarem com sua marca, aumentando exponencialmente suas chances de venda.


Resumindo, é importante relembrar o leitor que ele tem uma dor. Senão, convença-o de que ele possui essa dor, mesmo que ele nunca tenha pensado nisso.



7. Ofereça a solução


Tudo que alivia a dor é tido como uma solução. Um texto que apenas apresenta um problema ao cliente não tem objetivo, senão irritar o leitor.


Por isso, se você mostra um problema, não esqueça de apresentar sua marca como a solução principal, trazendo ainda mais autoridade.



8. Prova social


A confiança é um sentimento necessário que o consumidor precisa ter antes de realizar uma compra.


E a melhor forma de gerar isso vem através de depoimentos ou provas sociais. Afinal, confiar no cliente que não tem a menor intenção de venda é algo muito mais natural, não é?


Então, sempre que possível, aproveite os feedbacks para provar tudo que está escrito na sua copy, isso aumentará ainda mais o poder de persuasão da sua escrita.



9. Crie um senso de urgência


“SÓ HOJE!”, “A PROMOÇÃO ESTÁ ACABANDO!”, frases como essas são muito comuns no Marketing Digital, sabe por quê?


A urgência é um gatilho poderoso para persuadir e convencer o cliente de uma compra.


Esse princípio se baseia em mexer com a emoção do consumidor, fazendo-o sentir que não tem muito tempo para pensar e que precisa comprar logo, para não perder a oportunidade.


Isso se faz muito presente em vários aspectos do nosso dia a dia, e claro, é uma ótima estratégia para fazer parte da sua copy.



10. Conte uma história


O Storytelling, como é chamado a técnica de transmitir uma mensagem através de histórias, traz enormes resultados para todas as grandes marcas ao redor do mundo.


Através dessa estratégia, você inclui o objetivo da sua copy dentro de uma história, gerando mais afinidade entre seu conteúdo e seu público, fazendo-os aproveitarem o processo e confiarem mais na sua empresa.




O que NÃO fazer no Copywrite


Nem só de acertos vive um bom copywriter, não é mesmo? Por isso que existem certas práticas que tendem a atrapalhar todo o processo, tornando a copy ineficaz. Veja alguns exemplos:



Erros de português (não-propositais)


Você já deve ter percebido a este ponto que o copywrite não é ‘apenas’ escrever, mas é algo muito maior que isso.



Por isso, é obrigatório ter um redator por trás das copys da sua empresa, que estuda e garante o domínio gramatical para criar um texto coerente.


Assim você evita criar um texto fraco, sem sentido e com erros de português (e evita passar vergonha também).



Esse é um princípio básico do copywrite: tudo o que temos se baseia em texto, e se isso não for feito com precisão, de nada adianta.



Textos muito comuns


Outra vertente muito comum entre as empresas que não utilizam um redator para suas copys é cair na mesmice.


Utilizar os mesmos bordões que vêem na internet ou televisão é um grande exemplo disso.



Mas o que essas pessoas não entendem é: cada marca se posiciona de uma maneira diferente, trabalha de um jeito próprio e comunica com seu próprio público.


Ou seja, não dá para ‘simplesmente’ copiar um texto e achar que vai funcionar da mesma forma. Além disso, ninguém aguenta ver o mesmo bordão sendo usado por 5 marcas diferentes, né?



Exageros


Em contrapartida à nossa dica “Seja verdadeiro”, existe o exagero. E, obviamente, não é nada útil para criar copys.


Você muito provavelmente já se deparou com aqueles textos que falam assim: “a melhor pizza do mundo”, ou “80% de desconto em toda a loja” mesmo quando tem apenas 2 itens em desconto.



Se isso for verdade, ou pelo menos se aproximar da verdade em alguns casos, não tem problema.


Mas caso contrário, cria-se uma péssima imagem para toda a marca, onde o copywrite será usado contra você mesmo.



Falar demais


Muitas marcas desejam tanto se destacar no mercado que acabam ‘falando’ mais do que o consumidor consegue entender.


Muitas vezes elas até se destacam mesmo, entregando um serviço melhor e mais benéfico aos clientes em comparação aos concorrentes.



Mas na hora de divulgar isso, faz questão de colocar todos os benefícios, número de contato, preço, promoção, localização e outros pontos juntos.


Sabe qual o resultado disso? Um leitor desinteressado que desistiu de ler antes mesmo de começar.


Resumindo, menos é mais. Se for um momento propício para mostrar os benefícios da sua empresa, mostre. Senão, fale apenas o necessário para atrair e engajar seu público-alvo. Torne seu copywrite mais assertivo.



Esquecer do valor


Um erro muito comum existe quando a empresa não entende a diferença entre ‘preço’ e ‘valor’. Acha que tudo se baseia em preço, ou seja, a quantia exata que o cliente irá pagar.


Mas a questão é: uma briga pelo melhor preço pode te trazer novos clientes, como também te fazer perdê-los quando acharem outra opção mais barata.


Para isso existe o copywrite, para agregar valor à sua empresa.



Não somente falar do preço, mas fazer o leitor entender que é um preço justo, em comparação com todas as vantagens que ele pode ter. Assim, você não se prende a um número e gera mais autoridade para a marca.




Conclusão


Para concluir, o Copywrite é uma estratégia funcional e praticamente obrigatória para toda marca que almeje o sucesso.


Escrever com autoridade, objetivo definido e assertividade são os principais pilares que precisam existir para conquistar um mero leitor.



Mas claro, é necessário um estudo e uma preparação devida antes de qualquer coisa, entendendo o tom de voz da marca, suas personas, suas ações e metas.


As maiores e mais famosas copys foram criadas por escritores e redatores profissionais, e isso não é apenas acaso. Por isso, é importante contar com quem entende do assunto para conseguir melhores resultados.




Quer ver mais conteúdos como esse? Clique aqui e confira nossos artigos!

6 visualizações0 comentário

Opmerkingen


bottom of page