Como Atrair Clientes para sua Loja na Pandemia

Uma coisa é fato, não existe fórmula mágica! Para ser bem-sucedido, todo empreendedor precisa encontrar a solução para seu negócio, principalmente no cenário atual. Nesse artigo vou te passar algumas dicas que podem fazer a diferença e alavancar o seu negócio mesmo em meio a pandemia.

Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Uma coisa é fato, não existe fórmula mágica! Para ser bem-sucedido, todo empreendedor precisa encontrar a solução para seu negócio, principalmente no cenário atual. Nesse artigo vou te passar algumas dicas que podem fazer a diferença e alavancar o seu negócio mesmo em meio a pandemia.

Para começarmos sempre tenha em mente que a resposta para isso nunca será simples, ou terá métodos milagrosos que farão seu faturamento disparar, mas também não é apenas uma questão de sorte. Isso não existe! Vou te ajudar a entender, e você mesmo irá formular a resposta, vamos lá!

Conheça seu público-alvo

Você já deve ter lido ou ouvido isso muitas vezes, mas o fato é que talvez não tenham te explicado nos detalhes. Pois, se você já tinha sucesso com seu negócio antes da Pandemia, é porque você conhece seu público e sabe como convencê-los a comprar de você.

Com todas as limitações que o cenário atual nos trouxe, sabemos que não podemos ser mais uma loja ou estabelecimento passivo, ou seja, que espera que o possível cliente vá até você para então conhecer e comprar seus produtos. Precisamos nos adaptar e encontrar meios (que irei falar aqui) para nos tornar ativos, e ao contrário do passivo, nós apresentamos para o possível cliente nossos produtos, de forma que o convença a comprar.

Devido a isso, não basta apenas conhecer o básico do nosso público, como: idade, gênero, melhores produtos. Nós precisamos conhecê-lo nos detalhes, principalmente seus comportamentos mais particulares, como: entender como eles conversam e que palavras usam para falar do seu negócio/produto, seus hábitos de consumo, suas necessidades e dores.

Excelência no atendimento

Todo mundo tem ciência que deve oferecer um ótimo atendimento para todos os clientes, principalmente aqueles já engajados.

De acordo com uma pesquisa feita pela MindMiners e a NeoAssist, 92% das pessoas concordaram que um bom atendimento é um fator extremamente importante na hora de decidir entre 2 opções, você e seu concorrente. Use isso para dominar o seu segmento na sua região.

Portanto, ao contrário disso, 87% deles confirmaram ter já abandonado uma marca após passarem por uma experiência ruim no atendimento. Então faça disso um diferencial e mostre que você  não brinca com coisa séria. Se você puder, estimule e invista em seus cooperadores com treinamento e capacitação, vai evitar que eles durmam no ponto.

Use o maior meio de comunicação, a internet

Se você não sabe usar a internet para se comunicar, não se assuste, não tem problema algum. Só não use isso como desculpa para ficar estagnado. Sempre terá alguém à sua volta para te ajudar, o básico já é melhor que nada. Pense comigo, se você e seu concorrente estão parados, não é óbvio que, quem se diferenciar sairá na frente?

Analise sua jornada de compra

Quando paramos para analisar o que mudou de antes da pandemia até o momento, vemos que não é tão complexo assim encontrar uma solução. Vou dar o exemplo de uma loja de roupas, mas serve para qualquer negócio. Analise nos detalhes a jornada de compra que uma pessoa deveria fazer, para então chegar no tão sonhado objetivo que é a compra. Considere a seguinte situação:

Elisa tem uma loja de roupas numa avenida bem movimentada da cidade, seu maior poder de vendas era sua localização e o visual conceitual da sua loja que chamava bastante atenção das pessoas.

  1. Quando as pessoas passavam na frente da sua loja sentiam desejo de entrar para conferir seus produtos, muitas delas não entravam naquele momento, mas uma boa porcentagem entravam e conheciam o que ela tinha a oferecer.
  2. Dentro da loja, Elisa aborda esse possível cliente para entender o que ele precisa, dessa forma ela mesmo criará uma situação para que o cliente entenda que ele tem sim algo que precisa ser resolvido, sabendo disso ela irá apresentar a ele seu melhor produto;
  3. Ela o informa sobre seus benefícios ou o que o produto pode oferecer a ele, que seja a solução para aquilo que ele busca.
  4. Nesse momento o possível cliente irá colocar na balança custo x benefício (por isso mandar bem no passo 3 é muito importante). Nesse ponto ele entende que o produto da Elisa é a solução para o problema dele.
  5. Por fim, Elisa conquista mais um cliente.

Viu? Não é tão difícil colocar no papel o que acontecia diariamente na sua loja.

Conversão para meios digitais

Feita a análise da jornada de compra que seu cliente faz, precisamos convertê-la para formatos digitais pois é o maior canal de comunicação e hoje é imprescindível que sua empresa esteja presente nele de alguma forma.

Agora é muito simples! No Marketing Digital nós temos a mesma jornada de compra que um cliente faz de forma presencial, e literalmente a forma como acontece são iguais, apenas os meios que mudam. Geralmente resumimos a jornada em 4 passos:

  • Aprendizado e descoberta: gerar interesse pelo tema (1);
  • Reconhecimento do problema: reconhece que tem um problema (2);
  • Consideração da solução: busca por soluções e alternativas (3 e 4);
  • Decisão de compra: escolha da solução (5).

Mas afinal, como converter isso para o digital? Propositalmente deixei o passo a passo da jornada de compra numerado para linkar com a do digital, até aí acredito que está tudo certo. Agora precisamos pensar em meios e ferramentas que irão suprir as nossas necessidades para cada etapa dessa jornada.

Aprendizado e descoberta

Físico

Loja conceitual numa avenida movimentada.

Digital

Acredito que aqui é onde está o maior problema, o que o cenário atual mais influenciou. Precisamos fazer com que as pessoas nos vejam e cheguem até nós e nossos produtos de forma fácil.

Chamamos isso de Tráfego, isso mesmo o nome é bem sugestivo, o mesmo tráfego de pessoas que passavam na frente da sua loja. Porém no digital isso é muito melhor, imagina se você é quem decidisse a quantidade de pessoas que iria passar por lá, ou que pudesse escolher o perfil dessas pessoas? Isso não seria fantástico? Pois é, com anúncios no Google e anúncios em Mídias Sociais você consegue, devido a essas possibilidades você pode ter um custo muito menor no marketing digital se comparado ao marketing tradicional.
Lembra que nem todo mundo que via a loja da Elisa entrava? A quantidade das pessoas que entram está diretamente ligada a quantidade das pessoas que veem, portanto como no digital conseguimos alcançar muito mais pessoas, então teremos muito mais acessando nossa loja também.

Mas ao clicar em um de nossos anúncios precisamos levá-la pra algum lugar, nesse caso fica a seu critério, mas deve ser onde o possível cliente encontrará segurança, praticidade e que não faltará informações, apresentadas da melhor forma para convencê-lo a comprar. Para isso, hoje encontramos diversas plataformas de delivery, específicas para variados segmentos (encontre uma que se adeque ao seu negócio), plataformas de e-commerce e temos as próprias mídias sociais que hoje oferecem soluções para isso (Facebook, Instagram e WhatsApp).

Reconhecimento do problema

Físico

Abordagem e questionamento para poder saber o que oferecer.

Digital

Ok, atraímos muitas pessoas. Como vou saber o que oferecer se não irei ter o mesmo contato com a pessoa?

Quando trabalhamos com Tráfego, além de alcançar muitas pessoas, podemos alcançá-las várias vezes. Se a primeira vez que a pessoa entrou em nossa loja, ela não comprou, a próxima vez que exibirmos um anúncio seremos mais assertivos, pois com base na primeira visita iremos entender o que a pessoa está buscando e iremos oferecer diretamente aquilo que elas precisam.

Consideração da solução

Físico

Informa sobre os benefícios da loja e produto.

Digital

Sabemos que o contato presencial pode tirar muitas objeções do possível cliente apenas com um sorriso do atendente, mas isso não quer dizer que não podemos levar isso para o digital.

Principalmente no caso da Elisa que trabalha com uma loja de roupas, as pessoas têm a necessidade de experimentar. Isso porque é uma forma que a pessoa tem para adquirir mais informações sobre aquele produto.

Por isso não peque nessa hora, esse momento fará toda a diferença para que seus clientes e novos clientes se sintam seguros em comprar sem a necessidade de experimentar. Inclua medidas, descrições, tamanhos e tudo, tudo mesmo que seu produto puder oferecer.

Decisão de compra

Físico

Compra.

Digital

Imagine a seguinte situação: você entra na loja, separa os produtos que deseja, chega ao caixa e aí… Fica horas esperando até que o caixa te atenda e você finalize a compra. Horrível né, é óbvio que a maioria das pessoas vai desistir de comprar.

O ideal é que a plataforma ou ferramenta escolhida ofereça um meio de pagamento para seus clientes, direto nela. Assim você não irá atrapalhar o ínfimo momento de emoção da compra da pessoa e não perderá vendas.
Lembra que a excelência no atendimento é essencial? Claro, dúvidas e críticas devem ser ouvidas e atendidas antes da compra se haver, mas é no pós-venda que você pode impressionar seu cliente e se tornar referência, garantindo o mercado do segmento na sua região. Após uma compra confirmada ligue para ele, converse, pergunte como foi a experiência de comprar pela internet, agradeça. Envie o produto com um brinde, até mesmo um bilhete.

Conclusão

Você chegou a este artigo querendo aprender como atrair clientes para sua loja na pandemia, espero que as dicas que conferiu ao longo da leitura sejam úteis para que você consiga contornar esse cenário que estamos. O mais importante é conhecer a fundo o seu público, pois só assim conseguirá determinar, com maior chance de acerto, o que funciona para conquistar sua preferência.

Depois desse aprendizado, não esqueça de deixar a sua opinião. Afinal, qual das ideias para atrair clientes mais te agradou? E qual você pretende usar para alavancar suas vendas?

Categorias

Veja também

Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Você pode gostar de ler esses artigos

O-que-é-a-LGPD-Como-se-adequar-a-ela
Marketing Digital

O que é a LGPD? Como se adequar a ela?

A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) entrou em vigor em agosto de 2020 e trouxe várias novidades para quem trabalha com gestão de dados. Seu principal objetivo é garantir transparência no uso dos dados das pessoas físicas em quaisquer meios, buscando proteger o direito à privacidade e evitar o comércio indevido de dados.

Continue lendo...